Mandalas-decoração com feng shui

Olá pessoal,tudo bem?



Mais uma dica incrível de decoração e equilíbrio. 


Se a casa é onde o coração está, as paredes são a tela onde escrevemos nossos sentimentos. No feng shui, se estão vazias, bom sinal não é.Nosso inconsciente entende essa ausência como falta de perspectiva.
Volta e meia eu estou fazendo uma limpeza espiritual aqui em casa,com certeza sabemos que é muito preciso fazer,assim renovamos as energias e trazemos as coisas boas e novas pra nossa vida,agora por exemplo estou apaixonada pelas mandalas,lindas e você pode decorar todos os ambientes com elas,no quarto use uma colcha de mandalas e faça uma cabeceira incrível para sua cama,na sala use em quadros,nas almofadas,fica lindo e tudo mais equilibrado,experimente.
Mandala significa círculo em palavra sânscrito. Mandala também possui outros significados, como círculo mágico ou concentração de energia, e universalmente a mandala é o símbolo da integração e da harmonia.
A mandala é uma espécie de yantra(instrumento, meio, emblema) que em diversas línguas da península indostânica significa círculo. Em rigor, mandalas são diagramas geométricos rituais: alguns deles correspondem concretamente a determinado atributo divino e outros são a manifestação de certa forma de encantamento .(mantra).
A sua antiguidade remonta pelo menos ao século VIII a.C. e são usadas como instrumentos de concentração e para atingir estados superiores de meditação (sobretudo no Tibete e no budismo japonês).
Durante muito tempo, a mandala foi usada como expressão artística e religiosa, através de pinturas rupestres, no símbolo chinês do Yin e Yang, nos yantras indianos, nas thangkas tibetanas, nos rituais de cura e arte indígenas e na arte sacra de vários séculos.
No budismo, a mandala é um tipo de diagrama que simboliza uma mansão sagrada, o palácio de uma divindade. Geralmente, as mandalas são pintadas como thangkas e representadas em madeira ou metal ou construídas com areia colorida sobre uma plataforma. Quando a mandala é feita com areia, logo após algumas cerimônias, a areia é jogada em um rio, para que as bênçãos se espalhem.
Carl Jung descreve as mandalas como quadros representativos ideais ou personificações ideais que se manifestam na psicoterapia, interpretando-as como símbolos da personalidade no processo da individualização.
Muitas pessoas fazem tatuagens de mandalas, sendo que diferentes mandalas têm diferentes padrões visuais que despertam sensações diferentes.
Como estou cheia de projetos financeiros irei decorar meus ambientes com vários tipos de mandalas,com certeza mal não fará,só bem,tudo que trás paz e tranquilidade faz bem,é divino.
Quem gostou compartilha.
beijos.


Postagens mais visitadas